domingo, 25 de abril de 2010

Let's Go Fly A Kite

Festival Ibérico de Papagaios de Papel, Torres Vedras.
---
With tuppence for paper and strings
You can have your own set of wings
With your feet on the ground
You're a bird in a flight
With your fist holding tight
To the string of your kite

Oh, oh, oh!

Let's go fly a kite
Up to the highest height!
Let's go fly a kite and send it soaring
Up through the atmosphere
Up where the air is clear
Oh, let's go fly a kite!

When you send it flyin' up there
All at once you're lighter than air
You can dance on the breeze
Over 'ouses and trees
With your first 'olding tight
To the string of your kite

Oh, oh, oh!
Let's go fly a kite
Up to the highest height!
Let's go fly a kite and send it soaring
Up through the atmosphere
Up where the air is clear
Let's go fly a kite!

---
In ST Lyrics

3 comentários:

Sara disse...

Curiosa coincidência: ontem postei um poema de Ruy Belo intitulado "O Valor do Vento". Cá está mais uma boa razão para o apreciar, ao vento: allow a kite to fly :)

Margarida Elias disse...

Eu visitei o seu blogue e gostei muito do poema. Não sou grande apreciadora do vento, mas depois do festival de papagaios e depois de ler o poema, acho que vou começar a gostar mais.

ana disse...

Este filme é delicioso. bem como a ideia dos papagaios que mostrou. Quem não tentou colocar um papagaio de papel a voar?

O poema é muito bomito!