quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Bares e Cafés


Há algum tempo descobri no blogue de Alexandre Pomar a pintura de Antonio Pedrero Yéboles, Bar La Golondrina (1960, Caja España). Fascinou-me por diversas razões, mas sobretudo pelo facto de figurar o bar por dentro, pelo lado dos empregados de balcão. O espectador vê os diversos clientes, bebendo e conversando, uns alegres, uns melancólicos. Interessou-me sobretudo a figura de homem à esquerda, que enfrenta o espectador de um modo sereno, quase contente, contrastando com todas as outras figuras que nos parecem ignorar. Mesmo o outro homem que parece encarar-nos, a seu lado, aparente estar concentrado sobre si mesmo, isolando-se do espectador.
Essa pintura lembrou-me o quadro de Manet, A Bar at the Folies-Bergere (1882, Courtauld Institute Galleries) onde também se vê um café, mas o ponto de vista do espectador é diferente. À nossa frente está a empregada de balcão, ao centro e virada para nós, mas o seu olhar está perdido nos seus próprios pensamentos, transmitindo uma sensação de melancolia. - como o  cliente melancóico de La Golondrina. Entre nós e a empregada há um balcão cheio de iguarias - frutas, licores - atrás dela um grande espelho que reflecte o que estaria à sua frente: um café cheio de gente, bebendo, comendo e conversando. Curiosa é a figura de costas, do lado direito, que talvez fosse o reflexo da empregada conversando com um cliente, mas há algo na perspectiva que parece estar errado.
Na bonomia do homem de La Golondrina (um auto-retrato?) há um confronto com a multidão que o ignora e nos ignora. Na melancolia da empregada do quadro de Manet há uma sensação de solidão, mesmo que hipoteticamente estivesse a atender um cliente junto do balcão. Sendo diferentes, ambas as pinturas transmitem um sentimento de isolamento entre a multidão. Se essa intenção é provável no quadro de Manet, talvez não o fosse no de Pedrera. José Luis Cooomonte declarou, a seu propósito: «Se trata un cuadro que muestra una concelebración con el vino y las tapas».

6 comentários:

Patricia Sgrignuoli disse...

Muy buenas ambas pinturas. La del "Bar La Golondrina" tiene unos detalles excelentes en las caras de los clientes.

La segunda A Bar at the Folies Beregere, impresiona la cantidad de pequeños detalles pintados...

Margarida Elias disse...

Concordo consigo. Obrigada pela visita Patrícia.:)

ana disse...

Margarida,
Parabéns por este post, gostei bastante dos detalhes e do texto explicativo.
Bom dia! :)

Margarida Elias disse...

Ana: Muito obrigada e muito bom dia!!!

tariza disse...

Sempre estou lhe visitando! Adoro seu blog, se não deixo recado é para não me tornar repetitiva. Você é maravilhosa! Um abraço

Margarida Elias disse...

Muito obrigada Tariza! Pode sempre deixar recados, que eles são bem vindos.:)