segunda-feira, 30 de Maio de 2011

Grutas de Mira de Aire






 
 ---
Segundo o site das Grutas de Mira de Aire, a região central de Portugal é ocupada por serras calcárias, que constituem o maciço calcário estremenho. Dele fazem parte duas serras principais, a de Aire e dos Candeeiros. Esta região é caracterizada por não ser atravessada por nenhum rio, já que a água das chuvas se infiltra quase completamente nas fendas da rocha. 
Ao contrário das outras rochas, o calcário é dissolvido pela água. Esta esculpe curiosas formações desde simples rendilhado, pequenas pias, marmitas e cristas aguçadas, até aos maiores pedestrais. Ao penetrar nas pequenas fissuras de rocha, a água alarga-as por dissolução e transforma-as em grandes corredores ou em poços naturais que, na região, têm o nome de algares. Foi num destes algares, existentes no sítio de Moinhos Velhos, que em 1947 alguns habitantes de Mira de Aire entraram e descobriram as grutas que hoje se podem visitar.

6 comentários:

ana disse...

Margarida,
As fotografias estão lindas. Já ando há tento tempo para visitar as grutas e ainda não tive oportunidade.
Bjs. :)

Margarida Elias disse...

Ana: É um mundo diferente... Bj!

Sara disse...

Visitei o ano passado as de S. Vicente, na Madeira, e gostei imenso. Creio que estas também valerão muito a pena.
Beijinhos e boa semana!

Margarida Elias disse...

Já fui à Madeira, mas não às grutas. Devem ser bonitas. Eu só conheço estas de Mira de Aire. Bj!

Presépio no Canal disse...

Que bonito!! Ainda nao fui la, mas gostava muito!!
Obrigada por nos mostrares! :-)
Beijinhos!! :-)

Margarida Elias disse...

É engraçado e diferente. Bj!