sexta-feira, 7 de outubro de 2016

Do tempo

Relógio Astronómico de Praga, República Checa.
-
«(...) No entanto, e demorei algum tempo a perceber isso por mim próprio, o tempo é como, sei lá, como um líquido. É uma coisa fluida. Aquilo que pode ser alterado poderá alterar-se de novo, desde que se saiba para onde ir e o que fazer. E, claro está, desde que se disponha de uma máquina do tempo.»
-
Alex Scarrow, Time Riders, O Dia do Predador, Porto, Civilização Editora, 2011, p. 254.
-
Penso muitas vezes o que faria se tivesse uma máquina do tempo e já cheguei à conclusão que se a usasse era com muita cautela, pois teria receio de alterar eventos significativos. Mas, com muita cautela, acho que poderia dar muito jeito.

9 comentários:

Presépio no Canal disse...

É lindo este relógio de Praga. Não me importava nada de ir a esta bela cidade outra vez...
Beijinhos, Margarida!!

Margarida Elias disse...

Sandra - Também gosto muito e gostava de lá voltar. É uma cidade magnífica. Beijinhos!

Paula Lima disse...

Máquinas do tempo fazem parte do nosso imaginário. Mas com cautela sempre! Adorava entrar para uma e partir à descoberta! Um bocadinho assim como o teletransporte (embora este seja para o momento em que estamos, a muitos quilómetros de distância)!
O relógio é magnifico e transporta-nos no tempo!
Bom fim de semana

Margarida Elias disse...

Paula - Também gostava - sobretudo do teletransporte, porque não gosto de andar de carro, nem de transportes públicos :-) Gosto muito de relógios. Bom fim-de-semana!

Paula Lima disse...

Se gosta de relógios, caso não conheça, na Casa Museu Medeiros e Almeida encontra uns belissimos! Visitámos o ano passado e ficámos encantados com o espaço e com a colecção!

Mister Vertigo disse...

A passagem do tempo e a possibilidade de se voltar atrás para refazer uma simples decisão tomada, poderia possivelmente, por muito insignificante que fosse, alterar o curso da história da humanidade.
E os relógios, como o da imagem, são na verdade o mais belo símbolo da passagem das horas.
O seu post fez-me recordar os filmes de Alain Resnais, "Fumar" / "Não Fumar", em que uma simples decisão, alterava o rumo dos acontecimentos e a vida dos protagonistas.
Bom fim-de-semana!

Margarida Elias disse...

Mister Vertigo - Fiquei com vontade de ver esse filme, deve ser bem interessante. Bom fim-de-semana!

Isabel disse...

O relógio da foto é um espectáculo!
Ter uma máquina do tempo dava um jeitão! Parava o tempo os dias suficientes para organizar tudo o que tenho desorganizado e para fazer montes de coisas que venho adiando...Ah! Como eu daria uso a essa maquinazinha!

Mas o tempo não para um bocadinho...

Um bom fim-de-semana:)

Margarida Elias disse...

Isabel - É verdade. E por vezes corre quando dava jeito que andasse - arrasta-se em alturas que queríamos de voasse... :-)) Bom fim-de-semana!