quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Da importância da História

Manfred Kielnhofer, Guardians of Time
-
« -Dia da Unidade... é um bom nome para o efeito, Paul.
- Sim... na verdade é. Vamos chamar-lhe assim, então. Ao mesmo tempo que procedemos a essa celebração, daremos início a uma purga sistémica de todos os livros, documentos e relíquias relativos à História. Tem de ir tudo. Tem de ser tudo queimado. / (...) Nós agora controlamos a história Karl... tu e eu... é barro nas nossas mãos, para ser moldada exatamente conforme quisermos. (...)»
-
Alex Scarrow, Time Riders, Os Guardiões da História, Civilização, 2011, p. 244.

2 comentários:

Paula Lima disse...

Arrepiei-me a ler a frase, assim como me arrepio a ler/ver o Farenheigt 451º ou a ouvir falar da queima dos livros no séc 20 lá para os infelizes trintas.
Boa tarde!

Margarida Elias disse...

Paula - Tem razão, é uma hipótese terrível, que felizmente (no caso deste livro) é apenas ficção. Piores foram as verdadeiras queimas... Boa tarde!