quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Sorolla vs. Carlos Reis

Joaquín Sorolla y Bastida, Mending the sail (1896)
-
Carlos Reis, Engomadeiras (1915, MNAC)

7 comentários:

Paula Lima disse...

Boa tarde,
Com o respeito que o primeiro possa merecer, gosto mais do segundo!

Margarida Elias disse...

Paula Lima - Confesso que é ao contrário, para mim. Mas eu sou uma admiradora de Sorolla :-) Boa tarde!

NinTudo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
LuisY disse...

Interessante a comparação.

Curioso que a luz do quadro de Sorolla me fez recordar o José Malhoa, a Praia das Maças e o Milho ao Sol.

Um abraço

Margarida Elias disse...

O Nuno Saldanha, na tese de Doutoramento (sobre Malhoa) faz uma ligação interessante entre estes pintores, ligando-os ao que apelida de "luminismo" (se bem me lembro). Existem certamente pontos em comum, que incluem outros artistas, que fazem um tratamento idêntico da luz. Um abraço!

Presépio no Canal disse...

A luz do quadro de Sorolla é magnífica!

Margarida Elias disse...

Sandra - A luz nos quadros de Sorolla é hipnotizante :-) Beijinhos!