quarta-feira, 19 de julho de 2017

Da Colecção Berardo no CCB

Aqui ficam algumas das obras, entre as que mais gostei.
-
Amadeo de Souza-Cardoso, Pelas Janelas (Desdobramento - Intersecção) (1914)
-
Maria Helena Vieira da Silva, Composition (1948)
-
Man Ray, Café Man Ray (1948)
-
-
Art & Language, Secret Painting (Ghost) (1968)
Diz aqui: «The content of this painting is invisible; the character and dimension of the content are to be kept permanently secret, known only to the artist.»
-
Patrick Caulfield, Lit Window (1969)
-
Robert Gober, Dollhouse 3 (1978)
Esta fotografia é minha, tirada com o telemóvel, por isso está fraquinha. Na página da Colecção Berardo tem uma fotografia a preto e branco.
 -
Jesus Rafael Soto, Cacique (1983)
Esta obra (em cima) foi a que o meu filho mais gostou.
-
Jeff Koons, Bob Tail (1991)
-
A minha fotografia mostra outra perspectiva:
-
Frank Stella, The Broken Jug (1999)
A minha fotografia é um detalhe da escultura.
-
Ângelo de Sousa, Sem título (1964-2005)
Miguel Palma, Google Plane (2008)
No site da Colecção há outra perspectiva do mesmo avião:
Segundo o que está na legenda, este avião, se voasse, seria invisível: quem o visse de baixo confundia-o com o céu, quem o visse de cima confundia-a com a terra.

2 comentários:

Presépio no Canal disse...

Obrigada por partilhares aqui. Não conhecia, embora já tivesse ouvido falar. Numa próxima, a ver se passamos por lá. Acho que o meu marido iria gostar.

Margarida Elias disse...

Sandra - O Gonçalo gostou muito - eu também. Beijinhos!