segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Azul Turquesa

Hipopótamo (Egipto, c. 1961-1878 a.C., The Met)
-
Mukhula (Sécs. VIII-IX, The Met)
-
Anel (Séc. XVIII, Hallwyl Museum, Estocolmo)
-
Zinaida Serebriakova, Katya in blue dress by christmas tree (1922)
-
-
-
Eyvind Earle Turquoise (1983)
-
Mark Rothko, Blue Divided by Blue (1966)
-
-
-
E porque é dia da bolacha:

4 comentários:

Paula Lima disse...

Um dos mais belos azuis e a dificuldade aqui está na escolha!
Boa tarde!

APS disse...

É por aqui que o meu pequeno daltonismo começa a manifestar-se..:-( Para o distinguir do verde-azul.
Ou entre o malva e o lilás, sobretudo para classificar os selos.
E para não falar do "prussian blue" das estampilhas ingleses, que difere do "preussischblau" dos selos germânicos. É um verdadeiro bico de obra!
Mas gostei bastante do seu poste.
Boa tarde!

maria franco disse...

Um poste bastante original.
E todas as imagens são interessantes.
Foi um gosto.

Margarida Elias disse...

Paula Lima - Obrigada! :-) Boa tarde!

APS - É uma cor difícil de distinguir :-) Boa tarde!

Maria Franco - Obrigada também! :-) Boa tarde!