sexta-feira, 30 de março de 2018

Símbolos I - Número 8 - Com votos de Boa Páscoa!

-
«O octógono representou na Idade Média a figura de passagem entre o quadrado – a Terra – e o círculo – o Céu – pelo que assumia o simbolismo espiritual da passagem, isto é, da Ressurreição de Cristo e o começo da Perfeição Humana. (...)
O significado cabalístico do número oito reforça o sentido do simbolismo octogonal. Número figurativo do duplo quadrado da Terra e do Homem em equilíbrio, a tradição cristã considera o valor oito como o da Redenção e Prosperidade. Oito é sete mais um, o transbordar da Plenitude. A Plenitude judaica [o sete] foi ultrapassada por Cristo na sua Ressurreição na madrugada do oitavo dia. O oitavo dia passou assim a ser o primeiro dia [o dia do Senhor, Dominica dies], domingo, em oposição ao sábado [Shabath, descanso, sétimo dia em que o Senhor descansou da Obra da Criação]. (...)
Sendo o oitavo dia o Dia da Ressurreição em que os cristãos são associados, pelo baptismo, ao Mistério Pascal de Jesus Cristo, é também comum encontrar, na arquitectura, a forma octogonal como planta muito frequente dos baptistérios. (...)».
-
Vítor Manuel Adrião, Lisboa Insólita e Secreta, Jonglez, 2010, p. 201.
-
-
Catedral de Ely (1083-1375, Cambridgeshire)
-
-
Capela da Ascensão (1150, Jerusalém)
-
Charola do Convento de Cristo (c. 1160- c. 1250, Tomar)
-
Pia de Água Benta (Séc. XVI, Museu Municipal Leonel Trindade, Torres Vedras)
-

quinta-feira, 29 de março de 2018

Símbolos

Anastasis (c. 350 CE).
-
Nas origens do cristianismo (...) a Cruz não foi objecto de nenhuma espécie de adoração. Os primeiros cristãos ignoraram completamente o instrumento do Martírio, preferindo outros elementos ornamentais mais alegres se de representar símbolos e imagens se tratava. Além disso, durante as perseguições romanas (...) a exibição e adoração pública da Cruz teria sido (...) muito perigosa, de modo que nas paredes (...), nos objectos pessoais e nos altares apareceram símbolos tais como o cordeiro, o peixe, a âncora ou a pomba. A representação mais importante, porém, era o Crisma, o monograma formado pelas primeiras letras gregas do nome de Cristo, XP – chi e ró -, que foi profusamente usado para decorar os lugares sagrados.»
-
Matilde Asensi, O Último Catão, Lisboa, Dom Quixote, 2005, pp. 42-43.

quarta-feira, 28 de março de 2018

Códigos & Padrões

Nó de Salomão no Mosaico de São Miguel de Odrinhas (1.ª metade do séc. IV)*
-
«Um padrão é qualquer sequência evidentemente organizada. Os padrões ocorrem em todo o lado na natureza (...).
Os códigos são especiais (...). Os códigos, por definição, têm de transmitir informação. (...)
A outra diferença entre códigos e padrões é que os códigos não ocorrem naturalmente no mundo. (...) Os códigos são invenções deliberadas da consciência inteligente». 
-
Dan Brown, Origem, Lisboa, Bertrand Editora, pp. 520-521.
-
Sobre este tema ver: Maria Teresa Caetano, «Mosaicos da Villa Romana de São Miguel de Odrinhas», Revista de História da Arte, n.º 6, 2008.

terça-feira, 27 de março de 2018

Para a minha cunhada Isabel que faz anos hoje!

Edward William Cooke, Venezia (1851)
-
Entre os famosos nascidos neste dia, contam-se o pintor Edward William Cooke (n. 1811), autor desta bela paisagem de Veneza, Quentin Tarentino (n. 1963) e Mariah Carey (n. 1970), com esta canção, Hero, que eu acho que tem tudo a ver com a Isabel:
-

sexta-feira, 23 de março de 2018

Gabinete Português de Leitura do Rio de Janeiro

-
N' O António Maria de há 135 anos (e 1 um dia) noticiava-se que estava a ser construído o edifício do Gabinete Português de Leitura do Rio de Janeiro, que seria para inaugurar em Junho de 1884. O plano era do arquitecto Rafael de Castro, sendo a fachada executada em Lisboa, nas oficinas de Germano de Sales. As esculturas, de Simões de Almeida, figuram D. Henrique, Camões, Vasco da Gama e Pedro Álvares Cabral, além de medalhões com Fernão Lopes, Gil Vicente, Garrett e Alexandre Herculano, executados por Pedro Dias. A obra devia-se aos emigrantes portugueses, tendo como «dedicados operarios» o Visconde do Rio Vez e Eduardo de Lemos. 
De facto, o Gabinete fora fundado em 1837 e este edifício só acabou de ser construído em 1887, tendo sido aberto ao público em 1900 (cf. Wikipédia).

quinta-feira, 22 de março de 2018

Árvores


Ivan Shishkin, Trees
-
«'If thou hadst thy will what wouldst thou reserve?' said Manwe. 'Of all thy realm what dost thou hold dearest?'
'All have their worth,' said Yavanna, 'and each contributes to the worth of the others. But the kelvar can flee or defend themselves, whereas the olvar that grow cannot. And among these I hold trees dear. Long in the growing, swift shall they be in the felling, and unless they pay toll with fruit upon bough little mourned in their passing. So I see in my thought. Would that the trees might speak on behalf of all things that have roots, and punish those that wrong them!'
'This is a strange thought,' said Manwe. 
'Yet it was in the Song,' said Yavanna. 'For while thou wert in the heavens and with Ulmo built the clouds and poured out the rains, I lifted up the branches of great trees to receive them, and some sang to lluvatar amid the wind and the rain.'»
-
J. R. R. Tolkien, The Silmarillion, p. 40.

quarta-feira, 21 de março de 2018

Sob o signo de Carneiro

Federico Babina, Zodiac de Sign
-
Alguns "Carneiros" famosos, são:

Rafael Bordalo Pinheiro (21/3), caricaturista
Calouste Gulbenkian (23/3), coleccionador
Harry Houdini (24/3), mágico
Françoise Choay (25/3), historiadora
Elton John (25/3), cantor e compositor
Robert Frost (26/3), poeta
Alexandre Herculano (28/3), escritor e historiador
Vincent Van Gogh (30/3), pintor
René Descartes (31/3), filósofo
Maya Angelou (4/4), poeta e activista
Jackie Chan (7/4), actor
Leonardo da Vinci (15/4), artista e inventor

terça-feira, 20 de março de 2018

Com votos de boa Primavera!

Claude Monet, An Orchard in Spring (1886)
-
Hoje, a minha filha perguntou-me de onde vem a palavra Primavera e, com curiosidade, procurei (eu) na internet. Segundo o site do ISCTE:
«No tempo dos romanos e até ao século XVI, havia o Verão (a actual Primavera), o Estio (o actual Verão), o Outono e o Inverno.
A palavra Verão provém do latim vernum, com o significado de “tempo primaveril”, derivado de ver, veris, que significava Primavera. A expressão primo ver (que originou o termo Primavera) aplicava-se apenas ao começo da estação: primo + ver= o primeiro Verão (= actual Primavera), o princípio do Verão (= Primavera)».

segunda-feira, 19 de março de 2018

quinta-feira, 15 de março de 2018

Parabéns Luís Barata!

Como companheiros de aniversário trago David Hayes, autor, por exemplo, de Caryatid (1999), e Mike Love, um dos fundadores dos Beach Boys, com votos de "boas vibrações" para este dia:

quarta-feira, 14 de março de 2018

Stephen Hawking

-
«So remember, look at the stars and not at your feet.»
-

terça-feira, 13 de março de 2018

As chaminés da Casa Milà

Antoní Gaudí, Casa Milà (1906-1912, Barcelona)
-
«Além do piso irregular, o terraço estava protegido por altas chaminés que recordavam futurísticas peças de xadrez. Sentinelas de capacete que alegadamente tinham impressionado tanto o realizador George Lucas que este os utilizara como modelos para a ameaçadora tropa de choque do Império na Guerra das Estrelas».
-
Dan Brown, Origem, Lisboa, Bertrand Editora, p. 324.

segunda-feira, 12 de março de 2018

O Passado

Martinus Rørbye, The Surgeon with Wife and Daughter (1829, Ribe Kunstmuseum)
-
«Those who cannot remember the past are condemned to repeat it».
-

sexta-feira, 9 de março de 2018

Para o meu sogro, que faz anos hoje

Edward Durell Stone (n. 9/3/1902), National Geographic Society Headquarters (1961-1964, Washington, D.C.)
-
«If I need something, I'll invent it». 
-
Mickey Spillane (n. 9/3/1918).

quinta-feira, 8 de março de 2018

No Dia da Mulher

Coloco aqui algumas obras de mulheres arquitectas e designers, tema que tem sido trabalhado por uma amiga minha, Patrícia Pedrosa (que é arquitecta) - e que me chamou a atenção para o facto de (antes de ela me ter falado disso) eu não conhecer nenhuma que tenha ficado na História da Arte.
-
Marion Griffin, Projecto para um Estúdio de Artista (1894)
-
Louise Blanchard Bethune, Hotel Lafayette (1902-1904, Buffalo)
-
Mary Colter, Hopi House (1905, Grand Canyon)
-
Eileen Gray, E-1027 table
-
Charlotte Perriand, Bibliothèque double face pour la Maison du Mexique (1953, Musée d'Art Moderne et Contemporain, Saint-Étienne)
-
Lina Bo Bardi, Museu de Arte de São Paulo (1958)
-
Maya Lin, Vietnam Veterans Memorial (1982, Washington)
-
Zaha Hadid, Galaxy Soho (2008-2012, Pequim)
-
Francine Houben, FiftyTwoDegrees (2007, Nijmegen)
-
Jeanne Gang, Aqua Tower (2010, Chicago)
-
Dorte Mandrup, IKEA Hubhult (2015, Malmö)
-
Amanda Levette, MAAT – Museu de Arte, Arquitectura e Tecnologia (2016, Lisboa)

quarta-feira, 7 de março de 2018

E Parabéns MR!

Sem Título (CAM-FCG)
-
Com votos de um feliz dia, de muita saúde, muitos anos de vida, cheios de coisas boas!
Alguns companheiros de nascimento (há muitos!) são Stuart Carvalhais e André Du Bouchet:

... aller jusqu'au
bout de chaque mot
ouvrir son ciel
le ciel où finit sa racine
peser de tout son poids sur le
mot
le plus faible
pour qu'il éclate
et livre son ciel.
-
Une lampe dans la lumière aride : Carnets 1949-1955.
-
E não resisto a acrescentar, porque Mondrian também faria anos hoje, e a MR gosta muito de marcadores de livros, esta ideia que encontrei na internet, de fazer marcadores de livros inspirados nas pinturas de Mondrian:

terça-feira, 6 de março de 2018

E, para a Paula Lima

Michelangelo, Sibila Délfica (1509, Capela Sistina, Roma)
-
Aqui ficam os meus votos de feliz aniversário, saúde, felicidades e muitos anos de vida!
Outros companheiros de aniversário são, por exemplo, Michelangelo e Gabriel García Márquez:

“What matters in life is not what happens to you but what you remember and how you remember it.”
-

Um Pintor Esquecido II - Ricardo Ruivo

Auto-retrato (MNAC)
-
Quando fazia as teses de mestrado e de doutoramento sobre Columbano Bordalo Pinheiro, cruzei-me com este pintor, Ricardo Ruivo Júnior (1877-1910), que foi discípulo de Columbano e por ele muito apreciado. Aqui ficam algumas pinturas que encontrei dele, na internet; um link, sobre ele, da Faculdade de Belas Artes e outro de um artigo de António Fevereiro sobre A Arte Nova em Lisboa (2017).
-
Retrato de Velha (Invaluable)
-
Retrato de Mendigo (1903, CMAG)

segunda-feira, 5 de março de 2018

Churchill

Winston Churchill, Mimizan Lake
-
«Success consists of going from failure to failure without loss of enthusiasm».
-

sexta-feira, 2 de março de 2018

Ordem

Convento da Graça, Lisboa
-
«(…) E é este mesmo jubilo perante a criação de ordem que leva os seres humanos a montar quebra-cabeças ou a endireitar quadros tortos nas paredes. A nossa predisposição para a organização está inscrita no nosso ADN (...)». 
-
Dan Brown, Origem, Lisboa, Bertrand Editora, p. 108.

quinta-feira, 1 de março de 2018

Flor de Março - Narciso

Quando vivia em Torres Vedras, havia uma senhora que me costuma trazer narcisos, e agora fiquei com saudades. E, por acaso, ela faz 72 anos no final deste mês.
-
Jan van Scorel, Madonna of the Daffodils with the Child and Donors (c. 1535, Museu Thyssen-Bornemisza, Madrid)
-
Dante Gabriel Rossetti, Veronica Veronese (1872)
-
John William Waterhouse, Narcissus (1912)
-
Vincent van Gogh, Undergrowth with Two Figures (1890, Cincinnati Art Museum)
-
Charles Webster Hawthorne, Daffodils
-
Berthe Morisot, Daffodils (1885)
-
John Singer Sargent, Still Life with Daffodils (1890)
-
Felix Vallotton, Jug with Yellow Daffodils (1915)
-
Lucian Freud, Daffodils and Celery (1947-1948)
-
Louis Comfort Tiffany, Jonquil Daffodil lampshade
-
-
Walter Crane, Daffodils