quinta-feira, 1 de outubro de 2020

Quino (1932-1920)

-
Hoje, é mesmo uma memória, em jeito de homenagem. Cresci com Quino, porque os meus pais tinham os álbuns da Mafalda (alguns herdei) e alguns outros álbuns dele - os quais desapareceram, não sei como, porque os meus pais já não os têm. 
Como tinha imensas insónias em criança e jovem (ainda hoje tenho), passava as noites a ler estes livros, que li e reli, até quase os saber de cor - a par dos Asterix e dos Tintin, mas também dos Lucky Luke, Iznougoud L'Infame, mais tarde os Garfield e os Calvin and Hobbes
A morte de Quino (Joaquín Salvador Lavado Tejón) foi ontem uma notícia mesmo triste, mas fica a obra dele. E tenciono reler novamente as "Mafaldas" que tenho em casa, e, talvez, comprar alguns livros dele que encontre à venda, para reler e compor uma colecção.
-
-

quarta-feira, 30 de setembro de 2020

Afinidades XL

Ford Madox Brown, Lear and Cordelia (1849-1854, Tate Gallery, Londres)
-
 Antonio Muñoz Degraín, Otelo e Desdémona (1880, Museu do Chiado - Museu Nacional de Arte Contemporânea, Lisboa)
-
Nota: Hoje, abre no Chiado, a exposição Dissonâncias, Coleção MNAC: Aquisições e Doações 2010-2020, que pode ser bastante interessante. Tem curadoria de Adelaide Ginga e Emília Tavares, e estará aberta até 15 de Novembro.

terça-feira, 29 de setembro de 2020

Do Rossio (em 1848)

Praça D. Pedro IV (Séc. XX?, Arquivo Municipal de Lisboa)
-
«O passeio do lado oriental do Rossio, por soalheiro de tarde, nunca convidou para encontro de palestradores. No lado oposto da praça, sim. Onde actualmente está a Tabacaria Monaco era [1848] a mercearia da Consciência. A seguir, onde havia estado o notável café do Nicola – tão celebrado por Bocage – e depois o sombreireiro Dias, estava a livraria Poliglota, de Francisco António da Silva (…). Portas seguidas estava o José Pedro das Luminárias (…). Adiante ficava a farmácia do Azevedo (ainda existente), onde se jogava o gamão; e, mais uma confeitaria que chegou ao nosso tempo de menino, a qual primava pelo sortido de doces manipulados consoante receitas conventuais (…)».
-
Álvaro Neves e Henrique Marques Júnior, Gomes Leal, Sua Vida e Sua Obra, Lisboa, Editorial Enciclopédia, Lda., 1948, pp. 14-15.

segunda-feira, 28 de setembro de 2020

Com votos de boa semana!

 
Martin Johnson Heade, Sunlight and Shadow: The Newbury Marshes (c. 1871-1875, National Gallery of Art, Washington)

sexta-feira, 25 de setembro de 2020

quinta-feira, 24 de setembro de 2020

O Grupo Ar Livre

Fotografia do Grupo Ar Livre, cerca de 1917. Da esquerda para a direita Alves Cardoso, Frederico Aires, Carlos Reis, Falcão Trigoso, António Saúde. Espólio da família do pintor Alves Cardoso, in Dianiela Simões, 2017, p. 331.
-
Alves Cardoso, Uma Pausa Forçada (1913, Museu de José Malhoa, Caldas da Rainha)
-
Frederico Aires, Paisagem com Casa (1914, © Arcadja)
-
Carlos Reis, O Batizado (c. 1920, Museu Nacional de Belas Artes, Rio de Janeiro)
-
Falcão Trigoso, Laranjeiras à Tarde (1925, Museu Nacional Grão Vasco, Viseu)
-
António Saúde, Azenha no Lugar do Bicho - Margens do Ave (1943, Museu do Chiado - Museu Nacional de Arte Contemporânea, Lisboa)
-
Bibl.: Daniela Simões, «As Expedições da Sociedade Silva Porto (1900-1912) pelo Território Português, O Registo Paisagístico como Modelo de Construção de uma Identidade Nacional», in Pedro Fidalgo, Estudos de Paisagem, Instituto de História Contemporânea da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, 2017.

quarta-feira, 23 de setembro de 2020

Bom Outono!

 

Pierre-Antoine Quillard, Las cuatro estaciones: otoño (c. 1725-1729, Museo Nacional Thyssen-Bornemisza, Madrid)

terça-feira, 22 de setembro de 2020

Sobre bicicletas (e longe de esgotar o tema)

Continuando um post de 2013, com duas repetições:

Árpád Szenes, Le cycliste (1954)
-
Passeio de bicicleta na Serra de Sintra. Família Real e Corte (1898, Palácio Nacional da Ajuda, Lisboa)
-
Prato (1897, Museu Nacional de Machado de Castro, Coimbra)
-
Ciclista articulado (Museu da Guarda)

segunda-feira, 21 de setembro de 2020

Com votos de boa semana!

Adolphe-René Lefèvre, Jardim do Palácio das Necessidades (1854, Museu Nacional de Arte Antiga, Lisboa)

sexta-feira, 18 de setembro de 2020

quinta-feira, 17 de setembro de 2020

Das Vindimas

Francisco José de Resende, Natureza Morta (Museu do Chiado, Museu Nacional de Arte Contemporânea)
-
Esta semana ando pouco imaginativa para o blogue, pelo que hoje ficam estas uvas de Francisco José de Resende (1825-1893), que se ajustam bem à época, pois, na televisão, não param de falar em vindimas e enoturismo.

quarta-feira, 16 de setembro de 2020

Um percurso por Óbidos

Rua Direita


Capela de São Martinho  
-
Olaria de São Pedro, de Sónia Borga



-
Rua Padre António de Almeida


-
Igreja da Misericórdia

-
Igreja de Santa Maria
   

 

 

sexta-feira, 11 de setembro de 2020

quarta-feira, 9 de setembro de 2020

Afinidades XL

Rafael Bordalo Pinheiro, As Bodas de Aldeia (1871, Museu Bordalo Pinheiro, Lisboa)
-
Sarah Affonso, Casamento na Aldeia (1937, Museu Calouste Gulbenkian, Lisboa)

terça-feira, 8 de setembro de 2020

Com votos de boa semana!

José Malhoa, Tapada (1870, Museu José Malhoa, Caldas da Rainha)

sexta-feira, 4 de setembro de 2020

Frutas para o Mês de Setembro

Théodule Ribot, Still Life with Fruit, Figs and Apricots (Séc. XIX)
-
Ameixa
Amêndoas
Banana
Figo
-
Luis Meléndez, Bodegón con manzanas, peras, cajas de dulce y recipientes (1759, Museo Nacional del Prado, Madrid)
-
Framboesa
Limão
Maçã
-
Claude Monet, Natureza Morta (1872, Museu Calouste Gulbenkian, Lisboa)
-
Melancia
Melão
Meloa
-
Patrick Caulfield, Bowl and Fruit (1979, Tate Gallery, Londres)
1979
-
Morango
Nozes
Pera
-
-
Pêssego
Romã
Uvas
-
Fontes: