segunda-feira, 30 de dezembro de 2019

Frases de Filmes VII

-
«Hope. It is the only thing stronger than fear».
-

sexta-feira, 27 de dezembro de 2019

Com votos de bom Inverno!

A.Y. Jackson, Winter, Quebec (1926, National Gallery of Canada, Ottawa)
-

quarta-feira, 25 de dezembro de 2019

Feliz Natal!

António de Holanda (atribuído), Horas da Virgem - Natividade (1517-1551, Museu Nacional de Arte Antiga)

terça-feira, 24 de dezembro de 2019

Feliz Véspera de Natal

Domingos Rebelo, O Natal (1926, Museu Carlos Machado, Ponta Delgada)

sexta-feira, 20 de dezembro de 2019

Com votos de bom fim de semana!

Camille Pissarro, The Pont Boieldieu, Rouen, Rain Effect (1896, Staatliche Kunsthalle Karlsruhe, Karlsruhe)


quinta-feira, 19 de dezembro de 2019

segunda-feira, 16 de dezembro de 2019

Frases

-
«Surpreender-se, admirar-se, é começar a entender».
-
José Ortega y Gasset.

Citação retirada do livro Dicionário de Citações e Provérbios, de Luis Señor González, publicado pelo Correio da Manhã, em 2004, p. 25.

quarta-feira, 11 de dezembro de 2019

Legumes para o mês de Dezembro

Entre outros:
-
-
Abóbora
Agrião
Alface
-
-
Alho francês
Batata
Beterraba
-
-
Brócolos
Cebola
Cenoura
-
-
Couves
Espinafre
Grelos
-
Asuka Hishiki, Turnips (Ayame yuki) (2015)
-
Nabiça
Nabo
Rabanete
Repolho
Rúcula

terça-feira, 10 de dezembro de 2019

Frutas do mês de Dezembro

-
Almond (Flora of Germany, c. 1903)
-
Amêndoa
Ananás
Avelã
-
Persimmon (1892)
-
Banana
Castanha
Dióspiro
-
Apples
-
Laranja
Limão
Maçã
-
Douglas Schneider, Kiwi (2002)
-
Noz
Pêra
Quivi
-
Pomegranate (1986)
-
Pinhão
Romã
Tangerina

sexta-feira, 6 de dezembro de 2019

segunda-feira, 2 de dezembro de 2019

Viajar

Roberto Matta, Space Travel (Star Travel) (1938)
-
«Afinal, a melhor maneira de viajar é sentir. 
Sentir tudo de todas as maneiras».
-

sexta-feira, 29 de novembro de 2019

"Volta ao Mundo" de José de Guimarães

-
Está na Biblioteca Nacional a exposição "Volta ao Mundo, Obra Gráfica de José de Guimarães", de que gostei bastante, não só pela obra exposta, mas também pela forma como está disposta. Na imagem acima vê-se uma imagem do espaço expositivo, não perceptível para quem está dentro dele, mas por este esquema se percebe que estamos dentro de um gato (pelo menos, é o que eu vejo).
Nas palavras de Pedro Campos Costa (no folheto da exposição, de onde retirei algumas destas imagens): «O conceito da exposição é a viagem. Propõe-se que esta volta ao mundo seja feita através de uma arquitectura de experiências, de espaço e de cor. (...) Uma viagem sem destino» - seguindo a frase citada de Eduardo Lourenço: «Mais importante que o destino é a viagem». O espaço é constituído por quatro salas: Mundo Azul, Mundo Amarelo, Mundo Vermelho e Mundo Verde - de onde retirei o Rubens (2002), reproduzido em baixo. Achei uma exposição muito interessante, pelo complemento entre as obras do artista (incluindo as matrizes das gravuras), o espaço e ainda algumas peças de arte popular de outras paragens. Disse Pedro Campos Costa: «viaja-se num espaço físico construído para se poder viajar pelo mundo da imaginação». 
O conceito e design foi do atelier Campos Costa Arquitectos, sendo o comissariado científico de Raquel Henriques da Silva e José de Guimarães.

-

terça-feira, 26 de novembro de 2019

Frases de filmes V

-
«...do the next right thing».
-
Frozen II (2019)
-
Fui ver, neste Sábado, este filme, talvez com canções a mais, mas de que gostei bastante. A frase acima, proferida pela Anna, num dos momentos em que parece estar tudo perdido, ficou-me na memória, e parece-me ser um bom lema. Existiram também outros momentos que apreciei especialmente - como a canção do Olaf, que vem abaixo, e que ontem vi no blogue The Dutchess.
-

segunda-feira, 25 de novembro de 2019

No Dia de Santa Catarina

João Afonso (atribuído), Santa Catarina (1450-1475, Museu Nacional de Arte Antiga)
-
Em geminação tardia com o blogue Velharias, que é um excelente blogue, onde aprendo imenso.
Esta escultura já está no blogue desde 2013, mas regressa, porque gosto muito dela, muito embora existam outras muito bonitas, algumas delas no Museu de Arte Antiga.

sexta-feira, 22 de novembro de 2019

Com votos de bom fim de semana!

 
Orazio Gentileschi e Giovanni Lanfranco, Saint Cecilia with an Angel (c. 1617/1618-c. 1621/1627, National Gallery of Art Washington)

quinta-feira, 21 de novembro de 2019

Para a Sandra (que faz anos hoje :-))

Um azulejo holandês (Harlingen), com um barco (1650-1680, Museu Nacional do Azulejo)
 -
Um polvilhador de canela (2.ª met. Séc. XVIII, Palácio Nacional de Queluz)
-
Um pastel de nata, da Pastelaria Santo António (nunca lá fui, mas deve ser bom) - para pôr a canela :-)
-
E uma canção, que espero que gostes:

quarta-feira, 20 de novembro de 2019

Apresentação da Virgem ao Templo

Vittore Carpaccio, Presentazione della Vergine al tempio (1504-1508, Pinacoteca di Brera, Milão)
-
Esta pintura faz parte de um ciclo de seis pinturas dedicado à Vida da Virgem, inicialmente destinado à Scuola di Santa Maria degli Albanesi, em Veneza. O conjunto foi disperso em 1808, durante a ocupação napoleónica. 
Segundo a Wikipédia, esta cena situa-se numa praça veneziana, com a adolescente Maria subindo os degraus do templo. Nesta obra, além da luz dourada característica da pintura de Veneza, sobressaem os detalhes, como a veste do sacerdote, a torre que lembra a do Relógio de Veneza, e a criança em primeiro plano, junto de um friso inspirado na arte da Antiguidade.

terça-feira, 19 de novembro de 2019

Termos de Arte e de Arquitectura - Ático

-
«Parte de muro que se encontra sobre a cornija. Na maior parte dos casos tem uma finalidade decorativa. Esconde o tecto e pode ser decorado por estátuas ou ter a forma de varanda. O termo indica também as construções por cima da cornija».
-
In Dicionário de Termos Artísticos e Arquitectónicos, Público, 2006, pág. 44.

segunda-feira, 18 de novembro de 2019

Palavras I - Abóbada / Abobadilha

Mário Novais, Mosteiro de Santa Maria da Vitória (Batalha, Portugal) (c. 1954, Fundação Calouste Gulbenkian)
-
Abóbada - «Construção em arco. Tecto arqueado (...). (Do cast. bóveda)».
Abobadilha - «Abóbada de gesso Prov. alent. Abóbada formada de ladrilhos, que não são postos de cunha mas de chapa»
-
Bibl.: Cândido de Figueiredo, Pequeno Dicionário da Língua Portuguesa, Bertrand, 1981 (1.ª ed. 1924), p. 7.

sexta-feira, 15 de novembro de 2019