sexta-feira, 2 de agosto de 2013

O Mar (na pintura portuguesa)

Marques de Oliveira, Praia de Pescadores (Póvoa de Varzim), impressão (MJM - Link)
-
João Vaz, Rochedos, Peniche (MNAC - Link)
-
António Ramalho, Marinha (1880, MJM - Link)
-
José Malhoa, Marinha (1918, MGV - Link)
-
Alberto Souza, Foz do Arelho (1940, MJM - Link)
-
Alfredo Roque Gameiro, Ericeira - Azenhas do Mar (MGV - Link)
-
Arnaldo Figueiredo, Ericeira (1948, MJM - Link)
-
José Contente, Dunas na Costa da Caparica (1935, MJM - Link)
-
Fausto Sampaio, Berlengas (1950, MJM - Link)
-
Paulino Montês, Berlengas (1926, MJM - Link)

3 comentários:

Presépio no Canal disse...

Gostei das Dunas da Costa da Caparica, e algo semelhante à Marinha do José Malhoa vinha mesmo a calhar. Estão 34 graus por aqui. Abafados, abafados!
Um post muito refrescante, Margarida!
Obrigada!
Que saudades das nossas praias!
Beijinhos!

APS disse...

Bonita selecção, Margarida.
Há uma marinha de António Carneiro (creio que a pus, já, no Blogue) do mar, a norte, com praia deserta, também muito interessante.
Bom dia!

Margarida Elias disse...

Sandra - Como pintura também gosto do mar de Malhoa, mas, para entrar, gosto de mares mais calmos e quentinhos, estilo Mediterrâneo... Beijinhos!:)