terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Retrato II

Alfred Smith, Portrait de la mère de l'artiste (Museu d'Orsay, Paris).
---
O retrato tem o poder de conservar afectos para além do tempo.
---
José Gil (1999).

5 comentários:

ana disse...

Bela citação e uma tela muito repousante. Parece que a senhora está tranquila e compenetrada no seu trabalho!
Bjs :)

Maria Narbon disse...

Me gusta mucho este retrato, no lo conocia y si que parece, observándolo, que puedas transportarte en el tiempo.

Presépio no Canal disse...

Concordo com a Ana.
Tambem gostei muito desta pintura :-)

Margarida Elias disse...

Ana: É verdade. E tem um espelho a reflectir uma janela. Reparou?

Maria Narbon: Muito obrigada!

Sandra: Pelos vistos é do acordo geral. Lembrou-me a história que contaste sobre a tua mãe e a costura.:)

Presépio no Canal disse...

Calculei isso ;-)) Obrigada. :-)